Marcelo Zacarelli

Marcelo Zacarelli

Visualizações de Página

19 abril 2011

Ruas sem Saída


Henrique e Marcelo Martins
Sinto que algo tenta me devorar
Socorro meu amigo, pode me ouvir...
Os tempos são outro meu amigo
E fiquei perdido sem sentido;
Revirei nossas páginas vividas
De saudades insanas e desiludidas
Noites que não deram em nada
Como ruas sem saída;
Abriram o meu coração com uma mulher
Você se lembra? Ainda tenho uma cicatriz...
O vinho hoje tem um sabor amargo
Fazem-me descobertas de que estou sozinho
Se podes me ouvir eu te peço socorro meu amigo.

Sei que ainda somos jovens
A vida nos prega peças de estada
As dores no meu calcanhar desta estrada...
Compomos poemas e cifras
Elas nos seguem a cada estrofe de amores e feridas;
Fale um pouco de você meu amigo
Estou velho o bastante para reclamar meu destino.

Ainda conservo alguns costumes
A velha jaqueta de couro e inibido sorriso
O tempo pode marcar os nossos rostos
Despedaçar o nosso intimo;
A ideologia corajosa ainda descansa em papéis
Amarelados é verdade, como as crianças que perdemos
Os amores se renovam meu amigo
Ainda conservo a mesma nos meus pensamentos.

Fale um pouco de você meu amigo
Estou velho o bastante para reclamar meu destino.

Produzido por Marcelo Henrique Zacarelli
Village Itaquá, Abril de 2011 no dia 19.    


Um comentário:

Jeniffer Haddad disse...

Que foda! Adorei!